PRINCIPAL AGENDA TESTEMUNHOS ARTIGOS
PRINCIPAL
AGENDA
TESTEMUNHOS
ARTIGOS
CONSELHOS PARA CASAMENTO
RESTAURANDO O CASAMENTO
NAMORO E  NOIVADO
SEXUALIDADE
ABAIXO A ROTINA
SEMINÁRIOS
PREGAÇÃO EM AUDIO
ESBOÇOS SERMÕES CASAMENTO
NOSSOS ENCONTROS
FOTOS
QUEM SOMOS
CONVITES
LITERATURA
CASADOS PARA SEMPRE
LINK
USO INTERNO
 

leleo_1Caro irmão:

Deixe-me contar algo que me aconteceu. Eu e minha esposa temos um cachorrinho da raça Lhasa Apso. Chama-se Halel (louvor em hebraico), apelidado por nós de Leléo. Ele tem pouco menos de um ano. O “Leleo” não é um cachorrinho comum. Ele faz algumas coisas, aliás, bastantes coisas que não deveria. Sempre some com nosso chinelo quando vamos calçá-lo. Gosta de fazer xixi no tapete, apesar de ensinarmos a fazer no jornal. Parece que não dorme, pois nem de madrugada sossega. Pula, pula, corre, corre, late para seu reflexo no espelho, para o cachorro do programa da TV. Quer morder tudo, ou pegar de nós e sair correndo. Recentemente pegou um broche especial que minha esposa pretendia usar numa festa de casamento, e saiu com ele correndo pela casa. O Leléo não para de fazer bagunça, mas nós o amamos! O problema é que o xixi e cocô fora do lugar vêm entristecendo minha esposa.

Não quero aqui, falar de nosso cachorrinho, mas que minha esposa se entristece por um problema. Hoje pela manhã, percebi que ele fez xixi em cima do sofá em dois lugares, logo imaginei o quanto minha esposa ia entristecer-se, pois já não é a primeira vez. E é exatamente isso, não é a primeira vez! Até quando vou ficar acomodado deixando que minha esposa se entristeça?

É interessante como mandamos arrumar rapidamente a televisão que quebrou, como lavamos nossos carros, quando está sujo, ou resolvemos nossos problemas rapidamente. Somos rápidos em resolver quando o assunto feri os nossos prazeres, mas e quando tem algo ferindo nossa amada?

Defendemos rapidamente nossos filhos das ameaças, não deixamos que passem necessidades e de imediato a sanamos, mas e nossa amada? Somos rápidos o bastante em protegê-la?

Gosto da história em que Davi vai resgatar sua esposa das mãos dos inimigos (I Sm 30)Ele havia voltado de uma batalha, estava cansado, esgotado, e quando chegou em casa, em seu acampamento, descobriu que sua esposa havia sido raptada pelo inimigo. Então sem descanso, levanta um exército e vai até o acampamento do inimigo e a salva! Imagino essa passagem bíblica como um filme de romance e aventura! Como Davi teve ter sido amado por sua esposa por esse ato!

Às vezes nossas esposas estão sendo raptadas pelo inimigo! É quando a alegria dela está indo embora aos poucos, e seu verdadeiro “eu” vai sumindo. Até quando vamos permitir? Conheço vários casamentos que foram para o buraco após o nascimento do filho. A esposa ficou sobrecarregada, cheia de tarefas e o marido acomodado, só brincando com a criança -  quando  brincava. Aquela alegria foi trocada pelo cansaço, pelo acumulo de responsabilidades e pela tristeza causada pelo estresse. E apesar da mudança de humor da esposa, muitos homens não percebem que ela está morrendo. Sua alegria, sua vontade de viver foram roubadas. O seu  “eu”, aquele “jeito”no qual você se apaixonou foi raptado pelo inimigo.

O homem é o protetor de sua casa.  A Bíblia diz que Jesus é o marido e a Igreja a esposa. Jesus, para proteger a Igreja do inimigo, morreu por ela!

Muitas vezes em minha vida, falhei em proteger minha esposa.

Pastoreei uma Igreja por quatro anos e meio. Tinha uma pequena equipe para me ajudar, trabalhava pela manhã e morávamos um pouco afastado de lá, por isso nesse período nos desgastamos demais. Minha esposa cuidava das crianças e eu dos adultos. Pregava, aconselhava, visitava, tocava no louvor e fazia muitas outras coisas. Nosso casamento quase ruiu. Eu estava me afastando dela e por isso não percebia que estava sendo raptada bem debaixo de meu nariz. Estava falhando em cuidar dela, até que chegou uma hora em que tive de escolher entre ela e a Igreja. Claro que escolhi minha esposa, minha principal e primeira ovelha. Falhei porque não estava prestando atenção em suas tristezas. Ela sofreu muito por causa de meu relapso.

Hoje aprendi a lição, por isso quero lhe ajudar. Será que não existem coisas que andam entristecendo sua esposa? Será que o inimigo não esta raptando sua esposa bem debaixo de seu nariz?  Como está o humor dela? Ela é a mesma pessoa que casou com  você, alegre, feliz e empolgada?

Se sua esposa não tem a mesma alegria de quando você a conheceu, então tem alguma coisa errada e portanto você deve agir rápido como Davi para resgatá-la.

Quero, portanto fazer um pedido, pois o que mais desejo é que você não sofra e nem faça sua esposa sofrer.

PEDIDO:

Converse com sua amada e peça para que ela lhe diga o que a deixa triste. Se for difícil conversar com ela, escreva uma carta ou um cartão pedindo para que relacione as coisas que lhe entristece.  Faça um planejamento para eliminar esses problemas da vida de sua esposa. Seja como Davi, não espere mais nenhum minuto, não espere ficar descansado, vá libertar sua esposa da tristeza! Algumas coisas podem parecer bobeira para você, mas não para ela!

RECOMENDAÇÃO:

Esteja sempre atento para seus comentários e seu humor. Esteja alerta para suas reclamações e atitudes. Uma atitude agressiva com você pode mostrar que está falhando em algo. Se ver algo que possa estar lhe trazendo tristeza, não espere até conversar novamente ou fazer outra lista, aja rápido e elimine o problema antes que ela fique novamente triste. Seu prêmio é a alegria de sua esposa. Sua casa será muito mais alegre.

DICA:

Assista ao filme “Marley e eu”. Você terá um bom sentido de família, e... do que eu passo com o Leléo!

Ah! Falando em Leléo, entrei na internet e pesquisei como educá-lo da maneira correta. Vai ser uma verdadeira batalha, mas Deus vai abençoar!

Em Cristo

 

Pr. Ronaldo Calil

Site Map