PRINCIPAL AGENDA TESTEMUNHOS ARTIGOS
PRINCIPAL
AGENDA
TESTEMUNHOS
ARTIGOS
CONSELHOS PARA CASAMENTO
RESTAURANDO O CASAMENTO
NAMORO E  NOIVADO
SEXUALIDADE
ABAIXO A ROTINA
SEMINÁRIOS
PREGAÇÃO EM AUDIO
ESBOÇOS SERMÕES CASAMENTO
NOSSOS ENCONTROS
FOTOS
QUEM SOMOS
CONVITES
LITERATURA
CASADOS PARA SEMPRE
LINK
USO INTERNO

 

I Co 6.12 “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.” ARA

 

I Co 6.12 “Alguém vai dizer: “Eu posso fazer tudo o que quero.” Pode, sim, mas nem tudo é bom para você. Eu poderia dizer: “Posso fazer qualquer coisa.” Mas não vou deixar que nada me escravize.” – NTLH

 

Vivemos numa época em que podemos ter acesso, a aproximadamente 200 canais de TV, pela TV a cabo.

É muita proposta de uma só vez.

 

Dentro de nossa casa existe um convidado de honra que tem lugar cativo. Ele ocupa o lugar central da sala de nossa casa, ou do quarto, ou até mesmo da cozinha. Toma o lugar dos pais, dos cônjuges. Esse convidado educa as crianças, influencia os jovens, mostra a pornografia e nos obriga a gastar dinheiro. Pagamos para ele estar dentro de casa e muitos não vivem sem ele.

Lá em casa tem um convidado desse, mas eu o controlo direitinho. Às vezes, passa dias sem falar nada.

Esse convidado “tão especial” é a televisão.

 

Quero falar de esse instrumento pode nos afastar de Deus, e nos causar danos.

 

Além de ocupar o lugar principal da casa...

 

Tira a comunhão da família:

 

A televisão cria o isolamento individual, diminui o afeto, o namoro e a amizade.

Se compararmos o relacionamento de uma família do passado com o relacionamento familiar de uma família atual, veremos que a atual está muito mais distante um do outro do que a do passado.

 

A televisão cria a falta de comunicação:

 

Pesquisas mostram que um adulto passa 4 horas por dia na frente da TV.

Uma pessoa comum trabalha 8 horas; fica 2 horas no trânsito; almoça, janta e toma banho em 3 horas. Sobram então 7 horas para dormir.

Essas pessoas não tem como conversar com os filhos e nem com os cônjuges, gerando afastamento familiar.

Se esses adultos trocam a conversa familiar pela TV, quem então vai conversar com as crianças e educá-las? A própria TV. As coisas que são faladas e mostradas na TV, são o transmissor da conversa para as crianças. Então é transmitido nessa conversa os xingamentos, as baixarias, as conversas imorais e gírias indecentes.

Passa um tempo, as pessoas mudam seus vocabulários e as crianças estão falando coisas horríveis e perguntamos da onde eles aprenderam isso.

 

 

A televisão cria o imobilismo:

 

A TV trás prostração; incapacidade mental – a pessoa não precisa mais imaginar, como se fazia antigamente quando era contada uma história; preguiça e desânimo. Foi comprovado que pessoas que assistem muito a TV, tem problemas circulatórios.

 

A televisão leva a submissão:

 

Pessoas compram o que não precisam. Certo dia minha esposa me perguntou porque as pessoas começam a fumar se é tão ruim e faz mal. Respondi que é por causa da chamada cultura de massa. O merchandising que é feito nas propagandas.

 

Alguns deixam de ir a Igreja e se prostrarem ao Senhor, para ficarem prostrados em frente a TV. Principalmente se for o ultimo capítulo da novela ou a final do jogo. Na outra Igreja em que pastoreava, os cultos eram de sexta e domingo. Quando era o último capítulo da novela, o culto de sexta fica vazio, e quando era final de campeonato, também. 

 

Alguns mudam seu modo de ser por causa por submissão a moda que TV dita.

Sou um pouco antigo, por isso só lembro das modas antigas, mas lembro daquela redinha ridícula que as meninas começaram a usar por causa da novela Terra Nostra, e lembro que começaram a vender bala de chocolate com pimenta.

 

A TV pode nos influenciar tanto a ponto de fazer um moça que tirava fotos nuas, ser a “rainha das crianças/baixinhos”.

Ela consegue fazer o que quiser com a maioria das pessoas. Pense bem... Será que se não existisse televisão o Tiririca seria deputado?

 

A televisão muda a geração escolhida por Deus, as crianças:

 

O aprendizado de uma criança se baseia na imitação. Uma criança é como uma esponja absorve tudo. Imita tudo o que vê na TV. Às vezes não na frente dos pais, mas na rua, na Igreja, na escola. Minha esposa já detectou vários palavreados de crianças durante os cultos infantis, que são específicos de programas de televisão.

 

  • Uma criança deu 40 facadas em uma coleguinha. Disse que se inspirou no filme “Brinquedo Assassino II”, que viu no SBT. A associação americana de psicologia, num estudo em 1992 concluiu que as crianças americanas, antes de completarem o primeiro grau, já assistiram cerca de 8000 assassinatos de 100.000 atos de violência na televisão;
  • Uma menininha ficou famosa e foi muito aplaudida imitando a Lady Gaga, com danças obscena;
  • Uma criança na Indonésia se enforcou, e outra nos EUA morreu enterrada na areia. Ambos imitaram o personagem Naruto – personagem de Mangá;
  • Centenas de crianças tiveram convulsão ao assistirem Pokémon, no Japão.

 

Pesquisas determinam que uma criança de 6 anos não poderia ver nada na TV, pois não tema  capacidade de separar a fantasia da realidade.

 

  • Crianças que assistem muita TV tem problemas na escola, para escrever, para falar, e de perturbação no sono;
  • Geralmente são mais briguentas, egoísta e facilmente manipuladas;
  • Tem o desenvolvimento mais lento.

 

Nenhum pai gosta que seu filho ande em má companhia, não é mesmo. Então porque coloca a pior companhia dentro de casa, no lugar central da casa, e fica ao lado do filho vendo ele influenciá-lo e, inconscientemente também sendo influenciado? Alguns pais assistem pânico com os filhos, novela, super pop e outras idiotices na TV, junto com os filhos. Ainda dão risada, dando sinal de aprovação aos seus filhos. As crianças pensam: “se o meu pai está rindo disso, então isso bom! Vou fazer também!”

 

Pesquisas ainda mostram, que crianças que cresceram assistindo televisão, tem:

 

·        Desvio de pensamento lógico e sadio – não conseguem pensar coisas obvias e normais;

·        Hábitos de dependência – tem dificuldade em fazer as coisas sozinhos;

·        Tendência de falta de continuidade – não acabam o que começam. São aqueles que desistem da faculdade, da escola, da obra que começaram;

·        Dificuldade de aprendizagem;

·        Dificuldade de memória.

 

A televisão é como uma droga, ela vicia!

 

  • Trás fascínio – trás o mundo pra dentro de casa;
  • É uma diversão barata e cômoda – basta apertar um botão;
  • Usa o mais potente método de memorização, o áudio visual – Jesus usava esse método quando pregava. Ele dizia: “Olhais os lírios do campo...”. Pessoas conseguem se lembrar mais de um filme, do que de uma pregação;

 

Experimente falar com alguém que está assistindo TV...

 

A televisão tem transformado vidas:

 

Por ter um grande poder de penetração mental e de ditar regras comportamentais; por ter o poder de mudar o comportamento social e ditar moda, ela muda uma comunidade.

 

Infelizmente os programas de mais audiência são os de apelo sexual e de violência, então estamos sofrendo mudanças trazidas pela TV. A maioria dos programas da TV são instrumentos de Satanás. Deus permite porque Jesus está para voltar. A Bíblia diz que quando chegar os dias de Noé – violência; e os dias de Sodoma e Gomorra – libertinagem e homo sexualismo, então Ele virá. Em cada 7 cenas sensuais, 6 são com pessoas casadas.

 

Gn 1.26-28 “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.”  - ARA

 

Deus criou o homem a sua imagem e semelhança para dominar todas as coisas na terra. A medida em que o homem deixa de ser imagem e semelhança de Deus, deixa de dominar as coisas, então passa a ser dominado pelo diabo.

 

Lc 4.18 “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos,” – ARA.

 

Jesus veio para restaurar o homem a imagem e semelhança de Deus, fazendo com que tenha domínio sobre a coisas, inclusive sobre o diabo.

Não dá para um crente assistir novela, pânico, super pop e outros programas baixos que tem na TV.

 

Controle a TV, não deixe ela controlar sua família:

 

  • Não assista os programas de humor e de sensacionalismo;
  • Selecione os filmes que vai assistir – estou atendendo um casal que se separou por causa da saga de vampiros;
  • Selecione os programas infantis – cuidado com os japoneses;
  • Tome cuidado até com alguns programas evangélicos.

 

Wladimir Zworykin, o inventor da televisão disse:

 

“ De tudo o que criei, acho que o melhor foi o botão de desligar”

 

Que tal fazermos um jejum de uma semana sem televisão e em vez disso, conversarmos em família?

 

Site Map