PRINCIPAL AGENDA TESTEMUNHOS ARTIGOS
PRINCIPAL
AGENDA
TESTEMUNHOS
ARTIGOS
CONSELHOS PARA CASAMENTO
RESTAURANDO O CASAMENTO
NAMORO E  NOIVADO
SEXUALIDADE
ABAIXO A ROTINA
SEMINÁRIOS
PREGAÇÃO EM AUDIO
ESBOÇOS SERMÕES CASAMENTO
NOSSOS ENCONTROS
FOTOS
QUEM SOMOS
CONVITES
LITERATURA
CASADOS PARA SEMPRE
LINK
USO INTERNO
 

SEXOCASAMENTOI Co 7. "1 Agora vou tratar dos assuntos a respeito dos quais vocês me escreveram.Vocês dizem que o homem faz bem em não casar. 2 Mas eu digo: já que existe tanta imoralidade sexual, cada homem deve ter a sua própria esposa, e cada mulher, o seu próprio marido. 3 O homem deve cumprir o seu dever como marido, e a mulher também deve cumprir o seu dever como esposa. 4 A esposa não manda no seu próprio corpo; quem manda é o seu marido. Assim também o marido não manda no seu próprio corpo; quem manda é a sua esposa. 5 Que os dois não se neguem um ao outro, a não ser que concordem em não ter relações por algum tempo a fim de se dedicar à oração. Mas depois devem voltar a ter relações, a fim de não caírem nas tentações de Satanás por não poderem se dominar."

A Bíblia nos adverti que devemos manter relação sexual com nosso conjugue, continuamente, afim de não cairmos nas tentações do diabo. Entenda que se não mantivermos essa prática, abriremos uma brecha em nosso casamento para que o diabo ache espaço em nossas vidas para o adultério. Em prática e falando cientificamente, temos em nosso corpo, a produção de um hormônio chamado testosterona, que nos mantém ativos sexualmente. Os homens têm de vinte a trinta vezes mais testosterona que as mulheres, portanto podemos considerar os homens como um fogão a gás e as mulheres com um fogão a lenha.

Uma pesquisa em um Universidade alemã, mostrou que no início do casamento, 60% das mulheres querem sexo com freqüência, depois de 4 anos cai para 50% e após 20 anos chega a 20%, enquanto que nos homens o desejo permanece em 70% deles.

 “A testosterona é responsável pelo desenvolvimento e manutenção das características masculinas normais, sendo também importante para a função sexual normal e o desempenho sexual. Apesar de ser encontrada em ambos os sexos, em média, o organismo de um adulto do sexo masculino produz cerca de vinte a trinta vezes mais a quantidade de testosterona que o organismo de um adulto do sexo feminino,[1] tendo assim um papel determinante na diferenciação dos sexos na espécie humana.” http://pt.wikipedia.org/wiki/Testosterona

 “James Dabbs e Alan Booth analisaram as relações amorosas de 4.462 militares entre 30 e 40 anos e perceberam que os homens com testosterona alta eram menos propensos a se casar e se divorciavam mais facilmente. Além disso, os campeões da testosterona tinham o dobro de chances de ter relações extraconjugais do que os que apresentavam níveis mais baixos.” http://pt.wikipedia.org/wiki/Testosterona

“A finasterida, utilizada para combater a queda de cabelos, concorre com a testosterona em suas ligações, e pode promover a sua redução gradual. Por outro lado, a bromoprida, utilizada para melhorar a digestão, promove a elevação da prolactina, que também bloqueia a testosterona, chegando perto de seu limite inferior, com consequências importantes na virilidade masculina.” http://pt.wikipedia.org/wiki/Testosterona

“Eventualmente, homens com deficiência de andrógenos apresentam também sintomas inespecíficos como ondas de calor, suores, sensação de frio, náuseas e palpitações... Um sinal típico da deficiência de testosterona é a ausência de ereções espontâneas durante a manhã... Dependendo do grau de deficiência de testosterona, pode haver alteração no padrão masculino típico de distribuição de pêlos (crescimento reduzido da barba, diminuição do pêlo corporal). A pele pode ficar seca e enrugada... Outro sinal de deficiência de testosterona é a diminuição na massa muscular levando à perda de força muscular. Ao mesmo tempo, há tendência de aumento na distribuição de gordura com acúmulo de gordura na região abdominal”

www.sitemedico.com.br/sm/materias/index.php?...

O fato é que a diferença natural entre o casal e a deficiência de testosterona de um dos conjugues, ajuda a desobediência da instrução Paulínia. Imagine um casal onde a mulher tem um alto índice de testosterona e o homem um nível baixo, causado talvez por uma deficiência ou por um motivo químico. A mulher espera o sexo continuamente e o homem uma vez por mês. Talvez por isso que a pesquisa mostra que pessoas com alto nível de testosterona tende a adulterar. É preciso ter o equilíbrio sexual para afastar o diabo de tentar e acabar com o nosso relacionamento usando o adultério como arma. Se o seu interesse por sexo está muito baixo, vale à pena procurar um especialista para fazer um exame de curva de testosterona. Isso pode lhe ajudar muito seu casamento.

O perigo e conseqüência do adultério.

Pv 6.” 32 No entanto o homem que comete adultério não tem juízo; ele está se destruindo a si mesmo.33 Passará vergonha, levará uma surra e ficará desmoralizado para sempre.34 Porque o ciúme faz o marido ficar furioso, e a sua vingança não tem limites.35 Ele não aceitará nenhum pagamento; e mesmo uma porção de presentes não acabará com a sua raiva.”

A BÍBLIA NOS INCENTIVA A TER FREQUÊNCIA SEXUAL COM NOSSO CONJUGUE:

Em Pv 5.18-19 lemos:

“18 Seja bendito o teu manancial,e alegra-te com a mulher da tua mocidade,19 corça de amores e gazela graciosa.Saciem-te os seus seios em todo o tempo;e embriaga-te sempre com as suas carícias” .

A Bíblia Corrigida trás a palavra carícias, a Atualizada e a Linguagem de hoje trazem amor e a Bíblia Viva trás sexo. O amor utilizado para essa palavra é o amor Eros. Portanto a Bíblia exorta que o marido farte-se de amor com sua esposa. Tanto isso é da vontade de Deus, que Ele recomenda em Dt 24.5:

“Homem recém-casado não sairá à guerra, nem se lhe imporá qualquer encargo; por um ano ficará livre em casa e promoverá felicidade à mulher que tomou.

Deus quer a felicidade total para os casamentos. Viver um casamento sem sexo, é como entrar num navio e ficar trancado numa cabine. Conta a história que um homem juntou todo o seu dinheiro e comprou uma passagem de navio. Ao embarcar entrou na cabine e não saiu para nada. Sobreviveu comendo alguns enlatados que levará para a viagem. Ao chegar ao destino e desembarcar, o capitão viu esse estranho passageiro e perguntou aonde estava todo esse tempo, pois na viagem, só o estava vendo naquele instante. Ele respondeu que permaneceu na cabine, pois não tinha dinheiro para usufruir das áreas de lazer do navio e nem para comer em seus restaurantes. O capitão indignado respondeu-lhe: -  Ora, amigo, todo o lazer e refeição estavam inclusos em sua passagem!

Não usufruir do sexo no casamento, é como ficar trancado numa cabine dum navio e não aproveitar o banquete e as belezas dele. Um dia essa viagem vai acabar, vai passar e podemos não aproveitar as bênçãos de Deus. O tempo não volta atrás.

 A maioria dos homens, só se sentem amados na cama. Então se ele não faz sexo, a sua auto estima fica baixa.

Uma pesquisa feita pelo ministério da saúde, mostra que os homens classificam o sexo em 3º lugar como fator decisivo para qualidade de vida, enquanto as mulheres colocam em 8º lugar.

Existe uma pesquisa que mostra que uma boa noite de sexo, aumenta o rendimento do homem e da mulher em 30%.

 “O casal que tem uma relação sexual saudável está gerando e liberando mais endorfinas endógenas, atuando como antidepressivo, relaxante e   hipotensor; o humor melhora, melhoram as dores musculares e as fibromialgias, a circulação corpórea, trazendo um desempenho maior, mais disposição, melhor rendimento intelectual, e previne doenças do sistema nervoso central...Mulheres melhoram a TPM, tendo um período menstrual menos conturbado. Homens tem diminuição dos problemas prostático, o sistema imunológico fica ativo e operante, diminuindo em muito as viroses e doenças contagiosas.”

De fato, perceba o quanto ficamos mais alegres e felizes depois de uma boa noite de amor.

Aqui  vale o ditado da sabedoria popular que diz que “uma mulher irritada é  mal amada.”

MAS SE SABEMOS QUE O SEXO DENTRO DO CASAMENTO É BOM E FAZ BEM A SAUDE, PORQUE PARAMOS?

“O desgaste promovido pela rotina costuma ser apontado como uma das principais razões para o desinteresse pela vida sexual.”

Na vida de uma pessoas comum, 70% do tempo é gasto em trabalho e no trajeto de ida e volta, sobrando apenas de 6 a 8 horas para os afazeres domésticos, incluindo lazer, descanso, sono  e cuidados pessoais.

Além disso, deve-se levar em conta as doenças que diminuem o apetite sexual, como a enxaqueca, hipertensão, gastrite, depressão e taquicardia entre outras psico-somáticas.

“Pouquíssimo tempo de qualidade com a pessoa amada ou com a família,uma carga emocional muito grande, irritabilidade e falta de relaxamento...ausência de dialogo, aumento da violência verbal e até física.”

COMO FAZER PARA RESGATAR O SEXO NO CASAMENTO?

Não existe um grande segredo para resgatar o sexo  no casamento, a não ser o amor.

Para os homens posso disser que “ enquanto o marido deseja ser amado e satisfeito na cama, a mulher deseja ser satisfeita e amada primeiramente fora da cama” . Não existe um formula  para fazer a sua esposa sentir-se amada, cada uma tem a sua linguagem de amor específica. Cabe ao marido descobri-la e satisfazê-la. Às vezes as preliminares podem começar na cozinha, lavando a louça, ou pendurando a roupa no varal. Pode começar com um elogio de manhã.  Se queremos dividendos, então devemos investir desde manhã. “O desejo sexual de sua esposa pela sua sexualidade está relacionado ao quanto ela se sente amada, estimada e apreciada.”  Existe uma frase bem conhecida no ministério Casados para Sempre: “Mulher magoada, perna travada.”

A causa pode ser por diversas origens, sendo a seqüência mais comum a falta de continuação do ato sexual durante a relação, causado pela ejaculação precoce, que, repetidos várias vezes, trazem traumas. As questões emocionais são as maiores causadoras desta disfunção. Depressão, relações problemáticas, crises conjugais, doenças na família, excesso de pudor, decepção com o marido, cansaço e vergonha de se expor, são um dos exemplos. Cabe nesse caso a ajuda do marido. Conquistar a esposa e ajudá-la a superar o problema é a solução para a anorgasmia. O que trás prazer para a mulher, não está no tamanho do pênis, mas na forma de como ela é tratada, no carinho e na atenção do marido

O mesmo amor deve ser vivido da mulher ao homem. Alguns homens perderam o desejo sexual. Talvez por um problema de baixa de testosterona que deve ser compreendido pela esposa que deve ajudá-lo e incentivá-lo a ir ao médico. Existem exames que medem a testosterona e há meios de resolver.

Alguns homens são travados por problemas de disfunção sexual. Estamos distribuindo uma “apostilinha” com explicações simples que podem lhe ajudar a resolver esse problema, porém se for necessário procure o médico. Não deixe a vergonha e o preconceito estragar tudo. 30% dos homens tem problema de ereção e 40% tem problema de ejaculação precoce.

As vezes é difícil para as mulheres terem ânimo para terem relação sexual, devido a correria do dia-a-dia, mas a mulher deve dedicar-se ao marido também.

Tenha mais lazer, se dedique mais ao casamento e a noites românticas.

Marque uma agenda se for necessário. Determine pelo menos um dia da semana para ter uma noite romântica e com atividade sexual. Não fure de espécie alguma. No começo pode parecer como uma obrigação, mas depois e com o passar do tempo, vocês verão que valeu a pena.

Tenha mais tempo para exercícios físicos, eles aumentam a testosterona.

Bibliografia:

O Sexo que Deus Criou
Dr. Waldir Moreno Arévalo
Ed. Edições Inteligentes

http://pt.wikipedia.org/wiki/Testosterona

www.sitemedico.com.br/sm/materias/index.php?...

  

 

 

Site Map