PRINCIPAL AGENDA TESTEMUNHOS ARTIGOS
PRINCIPAL
AGENDA
TESTEMUNHOS
ARTIGOS
CONSELHOS PARA CASAMENTO
RESTAURANDO O CASAMENTO
NAMORO E  NOIVADO
SEXUALIDADE
ABAIXO A ROTINA
SEMINÁRIOS
PREGAÇÃO EM AUDIO
ESBOÇOS SERMÕES CASAMENTO
NOSSOS ENCONTROS
FOTOS
QUEM SOMOS
CONVITES
LITERATURA
CASADOS PARA SEMPRE
LINK
USO INTERNO
 

 

“Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens ao terceiro dia a Ziclague, já os amalequitas tinham invadido o sul, e Ziclague, e tinham ferido a Ziclague e a tinham queimado a fogo.

E tinham levado cativas as mulheres, e todos os que estavam nela, tanto pequenos como grandes; a ninguém, porém, mataram, tão-somente os levaram consigo, e foram o seu caminho.

E Davi e os seus homens chegaram à cidade e eis que estava queimada a fogo, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas tinham sido levados cativos.

Então Davi e o povo que se achava com ele alçaram a sua voz, e choraram, até que neles não houve mais forças para chorar.

Também as duas mulheres de Davi foram levadas cativas; Ainoã, a jizreelita, e Abigail, a mulher de Nabal, o carmelita.” I Sm 30.1-5 – ACR.

 

Esse texto conta uma das batalhas que vivemos hoje , sem muitas vezes percebermos.

Enquanto Davi estava cuidando das coisas externas, as internas – do lar; pareciam que estavam descuidadas.

Enquanto Davi guerreava contra os inimigos, fora de casa; outros inimigos estavam acabando com sua família dentro de sua casa.

 

Guerreamos muitas vezes contra vários inimigos fora de nossa casa achando que assim estaremos protegendo Lutamos contra os inimigos no trabalho; nos estudos; nas finanças; na vida profissional; no ministério; enfim, são vários os inimigos do dia a dia. Sofremos perseguições em cada área de nossa vida. Nos esforçamos, travando verdadeiras batalhas espirituais em cada uma delas. Fazemos tudo isso, mas esquecemos de vigiar e guardar a nossa própria casa, com atitudes e com orações.

Damos tempo para as coisas de fora, nos esforçamos e nos dedicamos para conseguir o melhor finenceiramente para nossa família, que nos ocupamos tanto que esquecemos de cuidar dela com dedicação.

 

Muitas Igrejas pregam sobre todas as coisas: santidade, oração, adoração, prosperidade, usos e costumes, e outras, mas poucas pregam especificamente  e insistentemente sobre família. Mas se não tivermos cuidado principalmente com nossa família, não podemos ser chamados de crentes.

 

“Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel.” I Tm 5.9 – ARC.

 

Quando eu e minha esposa cuidávamos de uma Igreja, fazíamos quase tudo sozinhos. Tinhamos poucas pessoas nos ajudando. Erámos como Davi, que guerreava com os inimigos fora de casa, mas deixava a casa desprotegida. Chegamos a um ponto que erámos somente dois parceiros que trabalhavam juntos na Igreja. Nosso relacionamento estava ruim, tanto, que Deus um dia me pôs na parede e pediu para que eu decidisse entre a Igreja e meu casamento. Graças a Ele, decidi pelo meu casamento

 

O problema é que esquecemos que o  nosso irmão principal , que nossa ovelha principal, e que o nosso mais próximo próximo, é nosso cônjuge, portanto tudo o que devemos viver biblicamente é para ele.

 

“Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado." Tg 4.17– ACR. Devemos fazer sempre o bem para nosso cônjuge.

 

“Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.” Mt 22. 37-39 – ARC. Devemos amar nosso cônjuge como a nós mesmos.

 

Tudo o que está na Bíblia, antes é para a nossa casa e depois para fora.

Conheci um crente pentecostal, cheio de “reteté”, que em casa era daqueles que tinha que orar para que ele saisse do capeta, de tão ruim que era. Sua filha ia a Igreja, gostava e apreciava o evangelho, mas não queria se converter para não se igualar ao pai.

 

Como estamos sendo com a nossa família? Estamos dando só atenção para as coisas e fora e deixando as coisas de dentro?

 

Como disse, precisamos tomar conta de nossa família através de nossas atitudes e orações.

 

Atitudes:

·        Os seus filhos copiarão as suas atitudes – se tiver boas atitudes, seus filhos também terão e o diabo não vai levá-los;

·        A sua comunhão com a família, trará alianças no amor – se não tiver tempo para a sua família o diabo terá e a levará embora;

·        O seu testemunho será motivo de orgulho para os seus – sua eposa ou marido,  e seus filhos vão querer ser como você, sendo assim saberão resitir ao diabo;

·        A esposa santa santifica o lar – num lar santificado, o diabo não tem poder nenhum;

·        A mulher mal amada  e o marido desrespeitado são infelizes – nessa situação, o diabo trará grandes contendas e levará os dois cativos;

·        Tire a raiva e a ira ao tratar com a família: “Marido, ame sua esposa e não seja grosseiro com ela” Cl 3.19 – NTLH.  Pais, não irritem seus filhos, para que eles não se desanimem.” Cl 3.21 – NVI;

·        Ensinem a Palavra a seus filhos: E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.” Dt 6.6-7;

·        A falta de sexo é a porta aberta para o diabo: “A mulher não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido. Da mesma forma, o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a mulher.Não se recusem um ao outro, exceto por mútuo consentimento e durante certo tempo, para se dedicarem à oração. Depois, unam-se de novo, para que Satanás não os tente por não terem domínio próprio.”  I Co 7.4-5 – NVI. É nessa situação que o diabo separado muitas famílias.

 

Oração:

·        “Se não for o Senhor o construtor da casa, será inútil trabalhar na construção. Se não é o Senhor que vigia a cidade, será inútil a sentinela montar guarda.” Sl 127.1. Se não orararmos pedindo proteção ao Senhor pela nossa casa, em vão é nosso esforço;

·        Apesar do homem ser o sacerdote do lar, na maioria dos lares, quem ora mais são as mulheres. As mulheres podem convencer seus maridos a orarem. Minha esposa tomou a iniciativa de orararmos todas as noites antes de apagarrmos a luz para dormir. Uma noite ela ora, outra sou eu. 

Existem pessoas, em que o filho está envolvido com drogas,  em que o diabo entrou no casamento, em que o  cônjuge foi embora de casa, em que o cônjuge diz que não ama mais, em que o filho deixou a Igreja, em que o cônjuge não quer se converter. São pessoas que de certa forma tiveram sua família sequestrada pelo inimigo.  Se essa é sa sua condição, sei que você está se sentido como Davi:

 

“E Davi muito se angustiou, porque o povo falava de apedrejá-lo, porque a alma de todo o povo estava em amargura, cada um por causa dos seus filhos e das suas filhas; todavia Davi se fortaleceu no SENHOR seu Deus.” I Sm 30.6 – ARC.

 

Mas também sei que hoje você também que fazer como Davi fez:

 

“E disse Davi a Abiatar, o sacerdote, filho de Aimeleque: Traze-me, peço-te, aqui o éfode. E Abiatar trouxe o éfode a Davi.” I Sm 30 7 – ACR.

 

Davi colocou o éfode – manto sacerdotal  - para tomar a posição de sacerdote do lar.

Temos que ser sacerdotes de nosso lar.  Temos que vestir as vestes de sacerdote e tomar posição diante de Deus em nossa casa!

Se seu marido não é crente, você como esposa é o sacerdote do lar – as vestes de sacerdote estão sobre você; se seus pais não são os sacerdotes, você como filho se torna o sacerdote – as veste do sacerdote estão sobre os seus ombros.

 

O éfode tinha no peito e nos ombros, os nomes das 12 tribos de Israel, ou seja, os nomes do povo de Deus. Sobre os seus ombros e no seu coração, estarão os nomes de seus familiares, vocês irá carregá-los nas costas e no coração diante de Deus intercedendo e testemunhando, santificando o lar!

 

“Então consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Perseguirei eu a esta tropa? Alcançá-la-ei? E lhe disse: Persegue-a, porque decerto a alcançarás e tudo libertarás.” I Sm 30.8 – ACR.

 

No hebraíco, essa palavra é mais forte do que isso, ela diz literalmente: “Persegue! Pois dominarás e libertarás.”

Seria bom que orasse ao Senhor, para receber a mesma resposta de Davi: Você libertará a sua família.

Vamos lutar em oração!

 

“9 Partiu, pois, Davi, ele e os seiscentos homens que com ele se achavam, e chegaram ao ribeiro de Besor, onde pararam os que ficaram atrás. Davi obedeceu! Você irá obedecer a Deus?

10 E perseguiu-os Davi, ele e os quatrocentos homens, pois que duzentos homens ficaram, por não poderem, de cansados que estavam, passar o ribeiro de Besor... Mesmo que seu cônjuge não o acompanhe nessa luta, vá, pois Deus está lhe acompanhando!

11 E acharam no campo um homem egípcio, e o trouxeram a Davi; deram-lhe pão, e comeu, e deram-lhe a beber água.

12 Deram-lhe também um pedaço de massa de figos secos e dois cachos de passas, e comeu, e voltou-lhe o seu espírito, porque havia três dias e três noites que não tinha comido pão nem bebido água.

13 Então Davi lhe disse: De quem és tu, e de onde és? E disse o moço egípcio: Sou servo de um homem amalequita, e meu senhor me deixou, porque adoeci há três dias.

Nós invadimos o lado do sul dos queretitas, e o lado de Judá, e o lado do sul de Calebe, e pusemos fogo a Ziclague.

14 E disse-lhe Davi: Poderias, descendo, guiar-me a essa tropa? E disse-lhe: Por Deus jura-me que não me matarás, nem me entregarás na mão de meu senhor, e, descendo, te guiarei a essa tropa.

15 E, descendo, o guiou e eis que estavam espalhados sobre a face de toda a terra, comendo, e bebendo, e dançando, por todo aquele grande despojo que tomaram da terra dos filisteus e da terra de Judá. Deus usará até o seu inimigo a seu favor!

16 E feriu-os Davi, desde o crepúsculo até à tarde do dia seguinte; nenhum deles escapou, senão só quatrocentos moços que, montados sobre camelos, fugiram.

17 Assim salvou Davi tudo quanto tomaram os amalequitas; também as suas duas mulheres salvou Davi.

18 E ninguém lhes faltou, desde o menor até ao maior, e até os filhos e as filhas; e também desde o despojo até tudo quanto lhes tinham tomado, tudo Davi tornou a trazer.

Também tomou Davi todas as ovelhas e vacas, e levavam-nas adiante do outro gado, e diziam: Este é o despojo de Davi.

19 E, chegando Davi aos duzentos homens que, de cansados que estavam, não puderam seguir a Davi, e que deixaram ficar no ribeiro de Besor, estes saíram ao encontro de Davi e do povo que com ele vinha; e, chegando-se Davi com o povo, os saudou em paz.

20 Então todos os maus e perversos, dentre os homens que tinham ido com Davi, responderam, e disseram: Visto que não foram conosco, não lhes daremos do despojo que libertamos; mas que leve cada um sua mulher e seus filhos, e se vá.

21 Porém Davi disse: Não fareis assim, irmãos meus, com o que nos deu o SENHOR, que nos guardou, e entregou a tropa que contra nós vinha, nas nossas mãos.

E quem vos daria ouvidos nisso? Porque qual é a parte dos que desceram à peleja, tal também será a parte dos que ficaram com a bagagem; igualmente repartirão. A sua vitória irá abençoar todos ao seu redor, principalmente os da sua família!

22 O que assim foi desde aquele dia em diante, porquanto o pôs por estatuto e direito em Israel até ao dia de hoje. Tudo isso acontecerá porque está escrito que é até o dia de hoje!

 

Site Map