PRINCIPAL AGENDA TESTEMUNHOS ARTIGOS
PRINCIPAL
AGENDA
TESTEMUNHOS
ARTIGOS
CONSELHOS PARA CASAMENTO
RESTAURANDO O CASAMENTO
NAMORO E  NOIVADO
SEXUALIDADE
ABAIXO A ROTINA
SEMINÁRIOS
PREGAÇÃO EM AUDIO
ESBOÇOS SERMÕES CASAMENTO
NOSSOS ENCONTROS
FOTOS
QUEM SOMOS
CONVITES
LITERATURA
CASADOS PARA SEMPRE
LINK
USO INTERNO
 

disfunção_sexualFalaremos a seguir sobre as disfunções sexuais. Disfunções sexuais são alterações funcionais (fisiológicas), que atrapalham o relacionamento. O conhecimento das disfunções pelo casal é um fator para o tratamento e a recuperação da saúde sexual do casal.

 

Comecemos pelas disfunções sexuais masculinas:

 

EJACULAÇÃO PRECOCE:

 

Também chamada ejaculação rápida. É a principal disfunção masculina, atingindo 40% da população masculina. É a falta de controle do homem encurtando o tempo da relação sexual, impedindo a satisfação da esposa. Pode ocorrer em qualquer faixa etária do homem. Esse problema trás grandes complicações no relacionamento do casal, pois na maioria das vezes a esposa fica insatisfeita. Infelizmente os homens têm dificuldade de assumir o problema e buscar ajuda.

As causas da ejaculação precoce podem ser orgânicas e/ou psicológicas, sendo que as psicogênicas são, na grande maioria, acima de 97%.

A ejaculação precoce pode ser controlada através do fenômeno retro-ejaculação.  Consiste no desvio do líquido seminal junto com os espermatozóides para a bexiga, sendo eliminado posteriormente na urina. Durante a relação sexual, o marido, ao sentir que irá ejacular, deve pressionar a base da glande (cabeça) ou a base do pênis. Isso pode se repetir várias vezes até a mulher alcançar o orgasmo. O dr. Moacir Costa escreve: “ Os homens gozam no final do amor, e as mulheres continuamente; o desejo para de acontecer porque termina o sêmen”

Não é preciso fazer desse método um ato de terrorismo preconceituoso. O importante é que o casal tenha a felicidade plena no casamento.

 

FALTA DE DESEJO:

 

Muitos homens podem atravessar períodos de anorexia sexual (falta de apetite sexual). As causas mais comuns de fundo orgânico podem ser a falta de ereção ou o hipotestosteronismo, que é a falta da testosterona. A falta de testosterona pode vir também por problemas psicológicos como mudança de hábitos, falta de emprego, dificuldade no relacionamento com a esposa, muito trabalho ou estudo, problemas econômicos, etc...

No caso da falta de ereção deve-se procurar o médico urologista, pois existem muitos medicamentos para combater esse problema. A automedicação não é admitida nesse caso. Muitos jovens e adolescentes faleceram ao usarem remédios com Viagra, para melhorar seu desempenho sexual.

Para a baixa na testosterona, deve-se combater o stress, e se não adiantar, procurar um médico. Não tenha receio em procurar um urologista. Lembre-se, 70% dos homens tem alguma disfunção sexual, portanto é comum os médicos tratarem desses casos. Muitos médicos também passam por esse problema.

 

Disfunções sexuais femininas:

 

É considerada disfunção sexual feminina qualquer dificuldade nas fases sexuais como desejo, orgasmo e excitação.

 

VAGINISMO:

 

Vaginismo é a contração involuntária da vagina e dos músculos que a envolvem, impossibilitando a penetração e a relação sexual.

Pode ser primária, quando a mulher nunca conseguiu ter uma penetração, sendo sua causa congênita, ou secundária causada por estupro, agressões locais, ou manipulações indevidas na infância. Podem ser causadas também por questões  emocionais trazidas por causas culturais, sociais ou religiosas.

As causas emocionais trazem traumas que geram a contração muscular, fechando a vagina e conseqüentemente, impedindo a penetração.

O tratamento passa primeiro por exames ginecológicos, por um médico sensível para tratar a paciente com cuidados especiais.

Após o exame médico, no qual se afastam problemas físicos, deve-se investigar as causas reais e após diagnóstico realiza-se o tratamento com ajuda do marido, de pastores (procure primeiro uma pastora), ou até mesmo um psicólogo cristão.

 

DISPAURENIA:

 

É a dor durante a relação sexual. A mulher sente muita dor na região da barriga, o que faz suspender a relação sexual. Muitas evitam a relação ou perdem o apetite por causa das dores.

Tal acontecimento está relacionado a doenças vaginais, corrimentos (escorrimento de líquidos pela vagina), cistites (inflamação da bexiga), cistos no ovário, doenças inflamatórias na região dos quadris, endometriose, miomas, varizes nos quadris, mas também podem ser de origem emocional, através de seguidas frustrações quanto a não obtenção de orgasmos, pode levar a bloqueios e contrações que geram dor e fim do ato.

Para confirmação do diagnóstico é necessário um bom exame ginecológico, ultra-som e avaliação do fluxo vaginal. Quando a causa for emocional, deve-se buscar ajuda com o Ministério de Casais de sua Igreja ou com um psicólogo cristão.

 

ANORGASMIA:

 

É a falta de prazer e de orgasmo da mulher. O número de mulheres que não sentem prazer no sexo, por causa não físicas é de 28%.

O orgasmo feminino é conquistado após o surgimento do desejo, levando à excitação e mantendo-se o estímulo. Levando a contrações e movimentos repetidos e aumentando a velocidade com o ápice.

A causa pode ser por diversas origens, sendo a seqüência mais comum a falta de continuação do ato sexual durante a relação, causado pela ejaculação precoce, que, repetidos várias vezes, trazem traumas.

As questões emocionais são as maiores causadoras desta disfunção. Depressão, relações problemáticas, crises conjugais, doenças na família, excesso de pudor, decepção com o marido, cansaço e vergonha de se expor, são um dos exemplos. Cabe nesse caso a ajuda do marido. Conquistar a esposa e ajudá-la a superar o problema é a solução para a anorgasmia. O que trás prazer para a mulher, não está no tamanho do pênis, mas na forma de como ela é tratada, no carinho e na atenção do marido. 

 

 

Esperamos que essas dicas possam lhe ajudar no relacionamento. Lembramos que a ajuda de um médico é sempre a melhor solução para alguns desses problemas.

 

Estamos prontos para ajudá-los, caso queriam compartilhar qualquer problema. Não tenham vergonha ! A mulher pode procurar a Pra. Regiane e os homens o Pr. Ronaldo. 

Bibliografia:
O Sexo que Deus Criou
Dr. Waldir Moreno Arévalo
Ed. Edições Inteligentes

Site Map