PRINCIPAL LOJA AGENDA TESTEMUNHOS
PRINCIPAL
LOJA
AGENDA
TESTEMUNHOS
ARTIGOS
CONSELHOS PARA CASAMENTO
RESTAURANDO O CASAMENTO
NAMORO E  NOIVADO
SEXUALIDADE
ABAIXO A ROTINA
SEMINÁRIOS
PREGAÇÃO EM AUDIO
ESBOÇOS SERMÕES CASAMENTO
NOSSOS ENCONTROS
FOTOS
QUEM SOMOS
CONVITES
LITERATURA
CASADOS PARA SEMPRE
LINK
USO INTERNO
 

CANTARESMuitos estudiosos da Bíblia afirmam que a Bíblia não trás nenhuma proibição sobre o sexo oral e o sexo anal. Mas analisando o texto de Rm 1.26, percebe-se que Paulo trás  uma referência sobre essa questão:

“Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza;”

Alguns afirmam que a expressão “contrário a natureza”, refere-se ao lesbianismo, mas trata-se de relações sexuais inadequadas, afinal cada parte do corpo tem a sua função específica. Boca foi feita para comer e para beijar e ânus para defecar!

Por outro lado existem várias citações em Cantares, onde alguns dizem tratar-se de um relacionamento com sexo oral. Em Ct 7.2 lemos:

“O teu umbigo é taça redonda, a que não falta bebida; o teu ventre é monte de trigo,cercado de lírios.”

Referem-se ao umbigo, como o órgão sexual feminino.

A Bíblia não trás dessa forma, mas de qualquer maneira, cada casal deve ter sua interpretação bíblica e direção própria de Deus.

Por outro lado, também, observa-se no livro de Cantares, um envolvimento sexual empolgante entre marido e esposa, com citações de românticas de carícias. Vejamos em Cantares 7.6-9, na NTLH:

“Como você é linda, minha querida! Como você me dá prazer! Como é agradável a sua presença! Você é tão graciosa como uma palmeira; os seus seios são como cachos de tâmaras. Vou subir na palmeira e colher os seus frutos.

Os seus seios são para mim como cachos de uvas.

A sua boca tem o perfume das maçãs,e os seus beijos são como vinho delicioso.”

As carícias não são pecado e podem acontecer na relação sexual. O homem pode beijar e acariciar as partes intimas da mulher, e a mulher pode fazer o mesmo ao homem.

A relação sexual deve ser empolgante, cheia de amor e envolvimento, do tipo “filme romântico”, mas tudo dentro dos padrões bíblicos e não mundanos. É complicado um casal sair da Igreja e ir para a cama cheio de apetrechos e fantasias sexuais.

Um casal deve-se amar sim, com bastante intensidade, mas tudo dentro dos padrões de Deus, pois afinal, a Bíblia diz que os olhos do Senhor estão sempre nos observando (Sl 33.18 e Sl 139), mesmo entre quatro paredes.

De qualquer maneira, peço que orem para ter a direção de Deus sobre o assunto. Que o marido saiba respeitar a opinião e restrição da esposa, e a esposa do marido. 

Para que a relação seja abençoada, deve ter o consentimento dos dois, pois em uma verdadeira relação de amor, não há constrangimento e nenhuma ação forçada.

 

 

Site Map