PRINCIPAL LOJA AGENDA TESTEMUNHOS
PRINCIPAL
LOJA
AGENDA
TESTEMUNHOS
ARTIGOS
CONSELHOS PARA CASAMENTO
RESTAURANDO O CASAMENTO
NAMORO E  NOIVADO
SEXUALIDADE
ABAIXO A ROTINA
SEMINÁRIOS
PREGAÇÃO EM AUDIO
ESBOÇOS SERMÕES CASAMENTO
NOSSOS ENCONTROS
FOTOS
QUEM SOMOS
CONVITES
LITERATURA
CASADOS PARA SEMPRE
LINK
USO INTERNO
 

A maioria das pessoas que freqüentam a Igreja evangélica é de mulheres. De cada 10 membros, 7 são mulheres. Deus chamou as mulheres para edificar os lares. Posso testemunhar que eu sou fruto de minha esposa, e conheço muitos maridos que se converteram através de suas esposas.

Mas a Bíblia diz que só as sábias edificam seus lares:

           “A mulher sábia edifica a sua casa,

mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba.” Pv 14.1 - ARA

Quero falar um pouco sobre as características de uma mulher sábia e de uma mulher que não tem sabedoria.

A mulher sábia é aquela que não manda no marido,  mas também não deixa de influenciá-lo – Deus colocou o marido como cabeça do lar.
Por isso a mulher sábia conversa com jeito, respeito e delicadeza. 
Permita dar um exemplo de como ela pode conquistar o que quer do marido: se ela deseja uma geladeira nova, ela prepara um bom jantar para seu marido, o trata com carinho e amor, e depois serve um suco ou refrigerante sem gelo e logo em seguida conversa com o ele e pede a geladeira. 
Já a mulher que não tem sabedoria é aquela que manda o marido comprar a geladeira e ainda dá prazo; ou é aquela que agride verbalmente o marido quando chega em casa, por ele não poder comprar uma geladeira nova.

A mulher sábia é aquela que não vive resmungando: Pv 21.19 diz: “ É melhor morar no deserto do que com uma mulher que vive resmungando e se queixando.”  - NTLH. É grande a pressão que um homem sofre no dia-a-dia do trabalho e na rua. Ele sofre ameaças de ser demitido, exigência de atualização, horas extras constantes, chefes estúpidos e manipuladores e outras pressões que já trazem muita dor de cabeça. Como homem posso afirmar, que tem dias que não vejo à hora de chegar em casa e poder relaxar. A casa representa para o homem a sua fortaleza e refúgio de paz. Não deve ter coisa pior do que um lar sem paz, do que chegar em casa e ouvir muita reclamação da esposa. A mulher sábia é aquela que sabe o momento certo de conversar, que conhece o marido e sabe quando tratar dos assuntos que a incomoda. A mulher que não é sábia é aquela que pensa somente em resolver seus problemas, não se importando com o estado emocional do marido. Por isso as constantes brigas. 
Conversei com um marido que só chegava em casa tarde, e sempre arrumava trabalho de fim de semana. Ele me contou que prefere ficar nos bares e trabalhando, por que lá tem mais paz do que na sua casa. Gostaria que refletisse como está seu lar, e se seu marido sente prazer de estar em casa. Seja sábia, faça de seu lar um lugar de paz e repouso para seu marido, um lugar onde ele está sempre ansioso para chegar. Instrua as crianças a não fazerem muita bagunça quando seu está lá. Prepare um bom ambiente relaxador.

A mulher sábia é aquela que só declara bênção, em vez de maldição: Em Tg 2.10 e 11, a Bíblia instrui: “De uma só boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não é conveniente que estas coisas sejam assim. Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso?” – ARA. Da boca da mulher sábia, só sai palavras de bênçãos, mas daquela que não é sábia, palavras de maldição. Palavras de bênçãos são sempre palavras de amor e esperanças. Da mulher sábia não sai um xingo ao marido, um comentário maldoso, uma fofoca e nem um desejo de desgraça. Deixe dar um exemplo de uma mulher que não é sábia. Ao encontrar uma irmã da Igreja ela declara: “meu marido é um folgado e incapaz, não quer saber de nada e só fica dormindo em casa. Desse jeito vou ficar sempre na miséria!” Agora me permita dar outro exemplo, só que agora da mulher sábia. Em vez de fazer esse comentário  com a irmã, ela declara: “meu marido é uma benção, e eu o amo muito. Ele será um homem muito ativo e conseguirá o sucesso. Creio que vamos prosperar muito na vida como família!” Perceba que as duas frases comunicam a mesma mensagem, mas a da sábia é uma declaração de benção.
Pv 18.22 e 23 declara: “A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto. O que acha uma esposa acha o bem e alcançou a benevolência do Senhor.” – ARA. A vida ou a morte de seu casamento está na língua.

A mulher sábia é aquela que é virtuosa: Pv 12.4 diz: “A mulher virtuosa é a coroa do seu marido, mas a que procede vergonhosamente é como podridão nos seus ossos.” – ARA. O marido que tem uma mulher virtuosa é rei! Virtuosa é aquela que tem boa qualidade moral. É, portanto aquela que não se veste com roupa agarrada e nem muito curta, que sabe se vestir de forma discreta, mas ao mesmo tempo elegante. É aquela que dá bom testemunho, que sabe se portar com dignidade num ambiente – é discreta, educada e agradável. É meiga e não agressiva. Não faz escândalo e nem se torna o “centro das atenções”.
Aquela que não é sábia é a que se veste de forma provocativa, chamando a atenção de outros homens, que fala e ri alto num ambiente, que é inconveniente e indiscreta. É aquela que não tem educação e gosta de aparecer, que fala demais e nas horas erradas.

Como mulher, olhe para dentro de si e analise como está seu comportamento. Peça para o Espírito Santo lhe mostrar como tem agindo. Se Ele lhe mostrar que algo está fora do que a Bíblia trás como modelo de esposa, seja aberta para mudar. Busque ajuda, jejue e ore para obter sucesso na transformação. Acredito que o que mais quer é ser alguém agradável  para seu marido, ter um lar feliz e ser amada.

Deus vai lhe ajudar nessa transformação, Ele sempre ajuda os que querem mudar.

 

Em Cristo.

 

Pr. Ronaldo Calil

 

 

Site Map